Unidos por Carrazeda exige transparência e igualdade ao executivo municipal do PSD |  | Rádio Ansiães

Unidos por Carrazeda exigem transparência ao executivo do PSD

Não querem que repitam alegados erros do passado na gestão do Município de Carrazeda de Ansiães

O grupo de deputados municipais do Movimento Unidos por Carrazeda exige transparência ao executivo municipal do PSD.

 

Na última sessão da Assembleia Municipal, os Unidos por Carrazeda levantaram casos alegadamente polémicos e suspeitos.

 

É o caso da aquisição de 150 relógios para oferecer aos funcionários da câmara durante o anterior mandato, com um custo de 58,40 euros cada um.

 

Sem questionar a justeza da oferta aos funcionários, os Unidos lamentaram o ajuste direto a um fornecedor, sem consultar outros que fizessem mais barato. Dizem que o fizeram e que constataram que havia empresas que poderiam ter feito um preço menor.

 

Outro caso é o de muro de sustentação que terá sido construído pela Câmara a um munícipe, que custou cerca de 12 mil euros, e de caminhos beneficiados já em área da Lousa, no concelho de Torre de Moncorvo.

 

Para evitar novos casos, Graça Martins, do Movimento Unidos por Carrazeda, exige ao executivo mais transparência e igualdade:

 

 

O presidente da Câmara de Carrazeda de Ansiães, João Gonçalves, diz que todas as questões levantadas pelos Unidos por Carrazeda já foram debatidas em reunião de executivo e que, por isso, não deviam ser levados à Assembleia Municipal.

 

Salienta também que a questão do muro tem 40 ou 50 anos de história, que na questão dos relógios não houve qualquer ilegalidade e acusa os Unidos que quererem viver agarrados ao passado:

 

 

Claro que os Unidos por Carrazeda não gostaram da resposta, até porque, segundo Graça Martins, o atual presidente da Câmara terá usado o conhecimento de todos os dossiês do município como trunfo eleitoral:

 

 

O Movimento Unidos por Carrazeda a reclamar mais transparência e mais igualdade ao executivo do PSD na Câmara, enquanto este prefere ter os olhos postos no futuro e não no passado.

 

Peça: Rádio Ansiães

Foto: Eduardo Pinto

Unidos por Carrazeda exige transparência e igualdade ao executivo municipal do PSD |  | Rádio Ansiães