Ensaios do novo comboio da linha do Tua começam em fevereiro |  | Rádio Ansiães

Ensaios do novo comboio da linha do Tua começam em fevereiro

Meio de transporte faz parte do plano de mobilidade do vale do Tua, que inclui também um barco. Espera-se que arranque no próximo verão

O início dos ensaios do novo comboio que vai passar a circular na Linha do Tua, entre as estações de Mirandela e a Brunheda, em Carrazeda de Ansiães, está agendado para o dia 19 de fevereiro.

 

Segundo o presidente da Agência de Desenvolvimento do Vale do Tua, Fernando Barros, os primeiros testes serão feitos no troço entre Mirandela e o Cachão:

 

 

Esta decisão saiu de uma reunião, na Secretaria de Estado das Infraestruturas, em Lisboa, na qual participaram o presidente da Infraestruturas de Portugal e alguns autarcas dos concelhos abrangidos pelo plano de mobilidade e pela albufeira da barragem do Tua: Alijó, Carrazeda de Ansiães, Murça, Vila Flor e Mirandela.

 

Para além das entidades nacionais envolvidas neste processo, também estarão presentes nos ensaios representantes da empresa inglesa que construiu a locomotiva e da empresa alemã que fabricou as quatro carruagens:

 

 

Entretanto continua-se a trabalhar no processo para que a Infraestruturas de Portugal possa assumir a responsabilidade pela conservação da superestrutura da via (plataforma onde assenta a linha, viadutos e túneis, entre outros) pelo prazo dos 25 anos da concessão à empresa Transportes Turísticos do Vale do Tua SA, constituída para o efeito dentro do universo Douro Azul, liderado por Mário Ferreira.

 

Para já está acertado que a Infraestruturas de Portugal vai assumir o início do processo de melhoramento da segurança da Linha do Tua:

 

 

Ficou também acordada uma intervenção de melhoramento da linha entre o Cachão e Mirandela:

 

 

O presidente da Agência acrescenta que o pessoal da empresa Metro de Mirandela poderá ser o primeiro possa operar no novo comboio na Linha do Tua:

 

 

Sublinhando que este é um processo que obriga a negociações contínuas e a vencer obstáculos, o também autarca de Vila Flor diz que se vai continuar a lutar até que o vale do Tua tenha comboio turístico e quotidiano.

 

Entretanto, no dia 21 de fevereiro vai ser inaugurado o Centro Interpretativo do Vale do Tua, que resulta da adaptação de dois imóveis existentes na estação de Foz-Tua, em Carrazeda de Ansiães.

 

 

O Centro Interpretativo do Vale do Tua vai permitir conhecer em detalhe a história do vale, com destaque para a sua biodiversidade, para a linha de caminho de ferro com mais de 130 anos e para a barragem construída pela EDP junto à foz do rio, entre Carrazeda de Ansiães e Alijó.

 

Este centro é uma das medidas de compensação da elétrica nacional para o território, decorrente da construção do Aproveitamento Hidroelétrico de Foz-Tua. Representa um investimento superior a dois milhões de euros.

 

Peça: Rádio Ansiães

Foto: Direitos Reservados

 

Ensaios do novo comboio da linha do Tua começam em fevereiro |  | Rádio Ansiães