Câmara de Lamego aprova voto de pesar às famílias enlutadas pela tragédia pirotécnica |  | Rádio Ansiães

Câmara de Lamego aprova voto de pesar às famílias enlutadas pela tragédia pirotécnica

A Câmara de Lamego aprovou, ontem, "um sentido voto de pesar" às famílias enlutadas pela tragédia ocorrida, na terça-feira passada, numa fábrica de pirotecnia situada em Guediche, na freguesia da Penajóia, da qual resultaram oito mortos.

 

O executivo reiterou "a disponibilização de todos os serviços e meios ao seu alcance para ajudar a mitigar os efeitos devastadores que estas perdas tiveram".

 

Na reunião foi também aprovado um voto de louvor e reconhecimento pela "prontidão, disponibilidade, profissionalismo e competência com que todas as entidades envolvidas reagiram a esta trágica ocorrência".

 

No documento, é demonstrada "especial gratidão" ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que se deslocou ao local e, "com a sua presença, no exercício de uma magistratura de proximidade e afetos, levou às famílias um elevado gesto de solidariedade e carinho".

 

Também é destacado o facto de o primeiro-ministro, António Costa, ter manifestado "de imediato a sua solidariedade pessoal e o incondicional apoio do governo, através da presença do secretário de Estado da Administração Interna e das mensagens e disponibilidade manifestadas pelo ministro da Defesa e outros membros do governo".

 

O executivo camarário cumpriu ainda um minuto de silêncio em memória das vítimas.

 

Texto: Rádio Ansiães

Foto: JN

Câmara de Lamego aprova voto de pesar às famílias enlutadas pela tragédia pirotécnica |  | Rádio Ansiães