Bairro cigano de Carrazeda de Ansiães atingido por incêndio florestal |  | Rádio Ansiães

Bairro cigano de Carrazeda de Ansiães atingido por incêndio florestal

Arderam algumas barracas, viaturas e morreram animais domésticos

O incêndio florestal que, ontem à tarde, lavrou nas imediações da vila de Carrazeda de Ansiães obrigou à retirada da comunidade cigana, com cera de 60 pessoas, do chamado Bairro do Iraque, onde arderam algumas barracas e viaturas, e morreram alguns animais domésticos.

António dos Santos é um dos moradores que ficou apenas com a roupa que trazia no corpo:

 

 

O presidente da Câmara de Carrazeda, José Luís Correia, esteve esta manhã no acampamento cigano e concluiu que foi acertada a decisão de mandar evacuar o local antes que pudesse ocorrer uma tragédia:

 

 

O autarca de Carrazeda adiantou ainda que vai ser analisada a possibilidade de a Câmara poder ajudar, pelo menos, na reconstrução das barracas ardidas:

 

 

A comunidade cigana de Carrazeda passou a noite no pavilhão gimnodesportivo e nas próprias carrinhas, mas esta manhã já regressou ao chamado Bairro do Iraque.

 

Peça: Rádio Ansiães

Foto: Eduardo Pinto

Bairro cigano de Carrazeda de Ansiães atingido por incêndio florestal |  | Rádio Ansiães